.pesquisar

 

.tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

.calendário

Counter
registro de dominios

.cursor


GIRLSPT.COM - Cursores Animados

.visitas


contador
logo_etwinning.gif
Segunda-feira, 28 de Março de 2011

No beirado da casa da sogra.

Depois de ouvirmos o Carlos explicar como tinha ilustrado o seu livro, também os meninos começaram a realizar trabalhos utilizando a mesma técnica.

A partir de uma história circular elaborada pelos meninos de 5 anos, dando continuidade ao projecto andorinha, um monte de papeis de embrulho, jornais, revistas entre outros, foram feitos os moldes , recortados e escolhidos os papeis de acordo com as caracteristicas de cada interveniente na história.

E assim começou a ser elaborada a história e ilustrada como fez o Carlos no livro " O urso que perdera o coração".

E o resultado foi este.

historia das andorinas x

x 

 

 Era uma vez uma andorinha. 

 xx

Que vivia num ninho, no beirado da casa da sogra.

 

xxx

Essa andorinha, todos os dias ia buscar água ao rio e apanhava melgas, para dar aos seus filhotes.

 

 xxxx

Um dia, a andorinha foi passear e os filhotes ficaram com o pai.

Voou até à serra daqui, encontrou muitos passarinhos, muitas pedras, erva e um moinho.

 xxxxx

Nesse moinho, ela viu um ninho. Espreitou e lá dentro, viu 5 ovos e uma andorinha diferente, era uma andorinha castanha.Uma andorinha das rochas.

xxxxxx

A partir desse dia ficaram felizes e amigas.Todos os dias se encontravam no rio para conversar e falarem sobre os seus filhotes.

VITÓRIA, VITÓRIA, ACABOU-SE A NOSSA HISTÓRIA.

publicado por jinfcorredoura às 17:24

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Visita de um escritor.

O contacto precoce com o livro infantil e com a literatura é por todos reconhecido como fundamental no processo de ensino-aprendizagem.

Desta forma quanto mais cedo a criança tiver contato com os livros e perceber o prazer que a leitura produz, maior será a probabilidade de se tornar um adulto leitor.

No intuito de desenvolver, desde a mais tenra idade, o hábito e o prazer da leitura, a educação no pré-escolar deve oferecer oportunidades de leituras variadas, não apenas de textos escritos, mas a própria leitura e interpretação do mundo em que a criança está inserida.
 
Neste sentido, convidámos o escritor Carlos Alberto Silva , autor e ilustrador do livro "O urso que perdera o caoração", para nos vir visitar e mostrar como elaborou o seu livro.
Untitled 1
Inicialmente o Carlos contou a história aos meninos e depois mostrou como fez as ilustrações.
A surpresa foi geral e as questões colocadas muitas.
Untitled 2
Por fim , uma sessão de autografos .
Untitled 3
Só nos resta agradecer à Junta de Freguesia de S.Pedro a oferta dos livros a todos os meninos do Jardim de Infância e do 1º Ciclo.
publicado por jinfcorredoura às 15:11

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Março de 2011

Projecto andorinha.

O Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros  apresentou um projecto ás escolas e Jardins de Infância deste Concelho.

Com o objectivo, de dar a conhecer ás crianças as diversas espécies de andorinhas e andorinhões existentes neste parque , suas caracteristicas e habitat.

Assim, inicialmente numa primeira sessão, foi apresentado um video sobre as andorinhas e os andorinhões.

Sabia que :

  • Existem 5 tipos de andorinhas ?

As andorinhas dos beirados, das chaminés, das rochas , a daurica.

Numa segunda sessão os meninos ouviram a história da andorina Andor.

Untitled 1

Depois foi proposto aos meninos decorar uma andorinha.

E o resultado foi este.

Untitled 4

tags:
publicado por jinfcorredoura às 21:56

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Março de 2011

Dia da àrvore.

LOGO_FINAL

O Pai do Luis tem uns viveiros de plantas,para nos ajudar neste dia especial de contacto com a natureza, ofereceu a este Jardim várias flores e uma árvore.

Untitled 7

O tio Riu veio trazer as plantas.

Untitled 8

A Cãmara Municipal de Porto de Mós também nos presenteou com 2 àrvores.

Untitled 9

Com muito cuidado e carinho fomos plantando, regando e pouco a pouco embelezando o espaço exterior da nossa escola.Untitled 10

Para finalizar este dia, actividades de expressão plástica em conjunto com os menios do 1º ciclo.

 

publicado por jinfcorredoura às 15:55

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Março de 2011

Associação de Artesãos da Serra de Aire e Candeeiros

HPIM1276

HPIM1279 

Mais uma vez fomos visitados por os senhores da Associação de Artesãos da Serra de Aire e Candeeiros.

Hoje a proposta era pintar um azulejo.

Estivemos tão entusiasmados e concentrados no nosso trabalho que nem demos pelo tempo passar.

 

Quando mestres e artistas descobriram que o azulejo chamava a atenção, foi logo eleito para contar histórias e passar mensagens.
A pequena pedra lisa e polida entrou em Portugal e ficou para sempre. Depois de revestir paredes com padrões ritmados passou a contar histórias de santos e de anjos. Stª Catarina, Stª Teresa de Ávila, São Roque, São Paulo e São Lourenço são alguns dos santos de grande devoção que tiveram a vida registada em painéis de azulejo. Uma maneira fácil de serem lembrados ao longo dos séculos.

No país dos azulejos, eles existem por toda a parte. Nos jardins, nas igrejas, nas lojas, nos prédios e até para escrever o nome das ruas.
Apareceram primeiro nos jardins das casas mais nobres, como o Palácio de Queluz ou o Palácio Fronteira em Lisboa, onde se transformaram num registo genuíno dos costumes cortesãos da época. As fachadas da Capela das Almas e da Igreja de Santo Ildefonso, no Porto, impressionam pelo revestimento total a azul e branco e mostram como também as imagens dos santos saíram para a rua.

 

 

 

publicado por jinfcorredoura às 15:47

link do post | comentar | favorito
|

Dia do Pai

O Dia dos Pais tem origem na antiga Babilônia, há mais de 4 mil anos. Um jovem chamado Elmesu moldou em argila o primeiro cartão. Desejava sorte, saúde e longa vida a seu pai.

HPIM1285

vv 

Meu Pai,  meu amigo,

do fundo do coração

esta prenda te vou dar

Com muito amor e dedicação.

 

Para que nada te falte,

quando formos passear.

este lindo para sol

eu te fui decorar.

 

 Untitled 1

Untitled 3

publicado por jinfcorredoura às 15:34

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Março de 2011

Primeiro desfile de Carnaval da Corredoura

Este ano por motivos de falta de transporte não fomos desfilar à Vila.

Mas nem por isso deixá-mos de nos divertir.

Com fatos escolhidos por  nós e comprados ou feitos pelos nossos pais, fomos dar cor e alegria ás ruas da Corredoura.Untitled 1

Foi uma experiência muito rica. As pessoas receberam-nos com alegria, entusiasmo e muitos doces para nos alegrar.

Nas bombas de gasolina a tia da Mariana deu-nos bolinhos e o dono das bombas também foi muito simpático connosco.

Depois parámos em casa da avó da Lara Silva, ela deu-nos chupas e brincámos no escorrega e nos baloiço.

 

 HPIM1249

No final fizemos um desfile e uma bonita testa de carnaval onde não faltaram as marchas, os doces e por fim o certificado de participação neste Primeiro desfile da Carnaval da Corredoura.

 

 Untitled 7

 Untitled 9

publicado por jinfcorredoura às 15:12

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Março de 2011

Máscaras

E como carnaval também é sinónimo de máscaras.Fomos pesquisar sobre o tema e descobrimos as máscaras de Veneza.

Depois de observadas as máscaras, escolhidos os temas, as cores e os materiais.

Toca a trabalhar!

HPIM1226 

 

 Muitas tintas e muita concentração...

HPIM1215 

 

 Muita perícia... 

 

 Mas valeu o esforço...

publicado por jinfcorredoura às 16:58

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Carnaval ...

Mais uma data festiva se aproxima.

O carnaval é tempo de alegria, música e muita diversão.

Se pensarmos em carnaval lembramo-nos de :

  • Fatos- Gonçalo
  • Máscaras - Lara
  • Palhaços - Bruna
  • Fitas - Carlos
  • Desfile - Matilde
  • Apitos - Mariana

A partir destas palavras decidimos construir uma pequena história. A  Matilde sugeriu ser a história de um palhaço e escolheu o nome -  "Palhaço ZUZU".

O Carlos disse que o palhaço era gordo e que tinha um fato vermelho, a lara acrescentou-lhe umas botas muito grandes e por fim a Mariana um bonito chapéu preto. Estava assim caracterizado o nosso palhaço.

 A Diana disse que o  Palhaço encontrou um menino baixo e magro, de olhos azuis disse o Duarte, na cabeça tinha um belo chapéu branco com flores cor de rosa vermelhas e amarelas acrescentou a Bruna. Mas este menino estava muito triste , porque segundo o Carlos não tinha amigos.

E assim com muita imaginação a história do palhaço Zuzu foi crescendo.

A partir desta história circular várias noções foram discutidas e trabalhadas , dando cor à nossa sala.

Untitled 1

HPIM1229 

publicado por jinfcorredoura às 12:43

link do post | comentar | favorito
|

.posts recentes

. Estamos de Volta

. Passarinhos de lã

. PIPIRIPÃO a mascote espan...

. Videoconferência Portugal...

. Memórias do passado

. História da borboleta bra...

. Dia da Mâe.

. Visita ao Centro Cultural...

. A primavera e o ciclo do ...

. À descoberta da nossa ter...

.arquivos

. Setembro 2014

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.links